BLOG

Facebook e Instagram lançam recurso para desplugar usuários

O Facebook e o Instagram lançaram oficialmente nesta quarta-feira, 1, três novas ferramentas para ajudar os usuários a controlarem o tempo que eles gastam nas duas maiores redes sociais do mundo.

Uma delas é um painel que mostra quanto tempo as pessoas gastaram no aplicativo nos últimos sete dias — esse tempo conta somente o acesso vindo do dispositivo que está sendo usado. Outra é um lembrete que alerta quando o “tempo ideal” de uso do aplicativo é extrapolado — o limite é determinado pelo próprio usuário. Por fim, é possível controlar as notificações das redes.

“O tempo que as pessoas passam no Instagram e no Facebook deve ser positivo, inspirador e com propósito”, justifica a empresa, em nota. Ela disse também que as ferramentas foram desenvolvidas com a ajuda de especialistas em saúde mental e de uma pesquisa feita pelo próprio Facebook.

Para quem ficou curioso, é possível acionar as novas funções no botão de configurações, tanto no Facebook quanto no Instagram. Agora, na página “Sua atividade” no Instagram e “Tempo no Facebook” na outra rede, estarão listadas as três ferramentas.

Estratégia. As novidades são exemplos do esforço das empresas de tecnologia de considerarem o bem-estar dos usuários depois de anos estimulando o uso de smartphones. Também é mais uma tentativa de mostrar responsabilidade das companhias, uma vez que o ramo está na mira de órgão reguladores.

Apesar de o Facebook já ter anunciado algumas ferramentas que pretendem deixar as plataformas mais confortáveis para o usuário — como o modo “soneca” do Facebook que silencia as postagens de perfis e páginas e também o filtro de comentários ofensivos do Instagram — o anúncio desta quarta-feira é o primeiro que se atenta para a importância da desconexão dos usuários.

No início de maio, o Google anunciou que embutiu na nova versão do Android uma série de recursos para desestimular o uso excessivo de celular. A Apple também mostrou preocupação com assunto no começo de junho, quando revelou um app que vai detalhar quanto tempo a pessoa gastou com o iPhone ou iPad – e até bloquear seu uso, se o usuário achar necessário.

Leia mais: